CAMARA MUNICIPAL DE TAPEROÁ

Camara Municipal de Juazeirinho


Câmara retoma sessões ordinárias após período de recesso de Julho


08 de Sb de 2015

A Câmara Municipal de Taperoá retomou nesta sexta-feira, 07/08, a realização de sessões ordinárias após o recesso parlamentar de julho. No retorno, os vereadores aprovaram vários requerimentos e apresentaram projetos.

 

Na Sessão, o vereador Macilon Melquíades requereu a construção de poços para várias comunidades rurais da cidade que sofrem com a seca. A perfuração de poços artesianos irá beneficiar as comunidades rurais da cidade e irão contribuir bastante para amenizar a falta d’água beneficiando pessoas que residem no entorno. O Presidente da Casa ainda solicitou a contratação de um vigilante para abrira Secretaria de Saúde abrigar as pessoas que viajam de madrugada para Campina Grande. Os pacientes que necessitam viajar de madrugada estão aguardando na rua. Por isso se faz necessário á abertura da Secretaria para abrigar a todos e não correrem o risco de ficarem na chuva ou no frio.

 

O vereador José Humberto, mais conhecido como Beto da Internet apresentou vários requerimentos solicitando: gratificações a todos os motoristas do município que trabalham em uma escala diferenciada dos demais motoristas, tanto os contratados quanto os efetivos. A continuação a obra do esgoto da Rua Geminiano Limeira no Bairro São José. A construção de redutores de velocidade, mais precisamente entre a ponte nova e o campo de aviação. A elaboração de um projeto para a instalação de uma central de monitoramento para a cidade. E por fim, um curso de formação, como também compra de arma de fogo dentre outros benefícios para a Guarda Municipal.

 

Durante a reunião, foi aprovado um requerimento de Moção de Aplauso para o Jornalista Lázaro Farias. O requerimento é de autoria do vereador Ailton Paulo.

 

Todos os requerimentos foram lidos, discutidos e aprovados por unanimidade

 

E, concluindo, ainda foi aprovado o Projeto de Lei do Executivo Municipal, onde concede descontos de até 70% aos débitos municipais de IPTU anteriores a 2015, acrescentando ainda, ao desconto de 50% do ano de 2015 aos Alvarás de Localização e Funcionamento.